Insegurança cósmica

Por Reinaldo José Lopes

Essa vem do livro “Our Mathematical Universe: My Quest for the Ultimate Nature of Reality” (“Nosso Universo Matemático: Minha Busca pela Natureza Última da Realidade”), do físico sueco Max Tegmark, a respeito da estranha descoberta de que o Universo está se expandindo, feita pelo astrônomo americano Edwin Hubble (1889-1953) nos anos 1920 e 1930:

“Surpreendentemente, quase todas as galáxias que Hubble estudou tinham sua luz desviada para o vermelho [sinal de que elas estavam se afastando de nós; se estivessem se aproximando, sua luz estaria desviada para o azul]. Por que todas elas estavam se movimentando para longe de nós? Será que elas não iam com a nossa cara? Será que dissemos alguma coisa que elas não gostaram de ouvir?”

De repente, todos os grandes dilemas existenciais cósmicos viram uma cena de bullying do ensino médio 😛 Esses suecos são uns loucos mesmo, como diria o Obelix.

——

Quer saber quem sou? Confira meu currículo Lattes

Siga-me no Twitter ou no Facebook

Conheça “Além de Darwin”, meu primeiro livro de divulgação científica