O beijo de Juliana

Por Reinaldo José Lopes

Uma rápida passadinha aqui para fazer uma recomendação. Se você quer ler uma boa discussão sobre a ciência e o sentido da vida em formato literário, uma espécie de mistura inusitada entre diálogo de Platão e episódio de “The Big Bang Theory”, aconselho que dê uma olhada no livro recém-lançado de Osame Kinouchi, físico da USP de Ribeirão Preto, cujo título é “O Beijo de Juliana”. A capa está cá embaixo.

Capa de "O Beijo de Juliana" (Crédito: Reprodução)
Capa de “O Beijo de Juliana” (Crédito: Reprodução)

(Em tempo: Juliana não é a Penny da história, e sim o nome da filhinha de um dos personagens dos diálogos, feitos numa troca de e-mails entre os personagens.)

O professor Osame mui gentilmente me convidou para escrever o texto da contracapa do livro, que é este aqui, ó:

“Achar que a ciência é capaz de trazer respostas prontas para questões existenciais é tão simplista e equivocado quanto afirmar que ela não tem impacto nenhum sobre as grandes perguntas da existência. De um jeito às vezes descontraído, às vezes desconcertante, e outras tantas vezes mesmo emocionante, “O Beijo da Juliana” mostra como uma visão cientificamente informada do Cosmos nos ajuda a enfrentar esses grandes dilemas.”

Interessado? O site da editora é este aqui. Boa leitura!

——

Conheça e curta a página do blog Darwin e Deus no Facebook

Quer saber quem sou? Confira meu currículo Lattes

Siga-me no Twitter ou no Facebook

Conheça “Além de Darwin”, meu primeiro livro de divulgação científica