Arte para Sagan

Por Reinaldo José Lopes

Se você se interessa por ciência em alguma medida, sou capaz de apostar que tem dedo do saudoso astrônomo Carl Sagan (1934-1996) na jogada. Uma exposição de arte em São Paulo que estreia neste dia 14, sexta-feira, celebra justamente o legado do velho Sagan, criador da versão original da série “Cosmos” e de livros clássicos como “O Mundo Assombrado pelos Demônios” e “Pálido Ponto Azul”.

Recriação artística de uma imagem do Telescópio Espacial Hubble (Crédito: Divulgação)
Recriação artística de uma imagem do Telescópio Espacial Hubble (Crédito: Divulgação)

E, por falar nesse segundo livro, as 20 obras do artista Ricardo Alves receberam o título coletivo “Desse Pálido Ponto” (para quem não conhece a referência, essa é a expressão cunhada por Sagan para se referir à Terra vista a partir dos confins do Sistema Solar).  Pareceu-me especialmente simpática a recriação de uma paisagem marciana feita por Alves (que está no alto deste post). O texto e a curadoria são de Thais Rivitti, e a visita à mostra é gratuita. Confiram mais detalhes sobre locais e horários abaixo e boa viagem cósmica a todos!

Serviço:

Desse pálido ponto – Ricardo Alves
Data: de 14 de outubro a 5 de novembro
Horário: de terça a sexta-feira das 10h às 19h, aos sábados das 10h às 17h
Entrada: gratuita
Endereço: Galeria Sancovsky – Praça Benedito Calixto, 103, São Paulo – SP.
www.galeriasancovsky.com
(11) 3086 0784 | (11) 3086 0783

——————–

Visite o novo canal do blog no YouTube!

Conheça meus livros de divulgação científica

Conheça e curta a página do blog Darwin e Deus no Facebook

Quer saber quem sou? Confira meu currículo Lattes

Siga-me no Twitter ou no Facebook