Ajude a manter a ciência no RS!

Por Reinaldo José Lopes

A situação financeira do Estado do Rio Grande do Sul está muito ruim e, seguindo um padrão tristemente comum no nosso país, o governo estadual resolveu cortar não na carne, mas na ciência. Uma das propostas é simplesmente extinguir a Fundação Zoobotânica, órgão que tem prestado serviços dos mais relevantes e, entre outras coisas, ajudado a entender o passado profundo da vida no nosso continente, incluindo aí a origem dos mamíferos e dos dinossauros (há indícios cruciais de ambos esses eventos nas rochas gaúchas, veja você).

Por isso, é com prazer que compartilho o texto que recebi do paleontólogo Jorge Ferigolo, pesquisador da fundação. Logo depois há uma sugestão de mensagem de protesto que pode ser enviada para o governo rio-grandense. Se puder, faça a sua parte a ajude a evitar o desmantelamento do patrimônio científico do país. Toda a sorte do mundo para a Fundação Zoobotânica!

—————-

Prezados colegas,

No último dia 22 de novembro, o Governo do Estado do Rio Grande do Sul enviou à Assembleia Legislativa, para votação em regime de urgência, o Projeto de Lei 246/2016, que repete o teor do PL 300/2015 e propõe a extinção da Fundação Zoobotânica, junto com a demissão de todos os seus funcionários.
Contraditoriamente, esse mesmo PL declara patrimônio ambiental do Estado o Jardim Botânico, os acervos do Museu de Ciências Naturais e o Parque Zoológico, que compõem a FZB. Mas, quem irá manter esse patrimônio se a FZB for extinta? Como? E a que custo para o Estado?

Desde 1972, a FZB vem prestando relevantes serviços à sociedade por meio de seus três órgãos: o Museu de Ciências Naturais, o Jardim Botânico e o Parque Zoológico. Os projetos e iniciativas da FZB, frequentemente realizadas em cooperação com organizações do Brasil e exterior, buscam aliar a conservação da natureza com o desenvolvimento social, para que atividades econômicas possam ser realizadas com menor impacto ambiental. Alguns exemplos são zoneamentos e diagnósticos ambientais, protocolos e manuais de boas práticas de produção agropecuária, projetos de uso sustentável de recursos da biodiversidade e planos de manejo de áreas protegidas. A FZB também coordena a elaboração das listas da fauna e da flora em extinção no Rio Grande do Sul e propõe medidas para a sua conservação.

Além disso, a FZB mantém espaços públicos de lazer e cultura seguros e acessíveis à população; promove ações de educação ambiental voltadas a escolas públicas e à comunidade em geral; executa atividades museológicas e organiza exposições fixas e itinerantes; atua na formação de recursos humanos, orientando estudantes em projetos de pesquisa; oferece aperfeiçoamento a professores de ensino fundamental e médio; proporciona treinamento em identificação e manuseio de fauna; mantém coleções científicas de referência sobre a biodiversidade do Estado e publica periódicos científicos de impacto internacional e diversas obras de divulgação.

Entre as pesquisas desenvolvidas pela FZB estão a descrição de novas espécies de plantas e animais, a realização de inventários biológicos, o manejo de animais peçonhentos visando à produção de soro antiofídico, o biomonitoramento da qualidade do ar, a recuperação de ambientes degradados, o impacto de estradas sobre a fauna, a proliferação de algas tóxicas, o efeito de espécies parasitas e exóticas invasoras, a fauna fóssil e muitos outros.

As atividades realizadas e os serviços prestados pela FZB garantem que o Estado tenha autonomia técnica e científica para formular políticas públicas de meio ambiente e desenvolvimento sustentável, assegurando que a gestão do patrimônio natural fique sob o controle da sociedade por meio de órgãos públicos idôneos e isentos.

A realização de todas essas ações e a manutenção dos acervos são possíveis graças ao quadro técnico qualificado da FZB, que ingressou na instituição mediante concurso público. As funções e o patrimônio ambiental da FZB não podem ser assumidos por outros órgãos da Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – SEMA/RS. Além disso, se a FZB for extinta, muitos dos serviços essenciais prestados pela instituição terão de ser contratados junto à iniciativa privada, a custos muito superiores.

Pedimos o seu apoio para que a FZB continue existindo e atuando na defesa do meio ambiente por meio do envio de um e-mail para os endereços listados abaixo, respectivamente do Governador do Estado do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori; da Secretária Estadual de Meio Ambiente, Ana Pellini; do Chefe da Casa Civil, Márcio Biolchi, e dos deputados da Assembleia Legislativa.
O seu apoio é fundamental para continuarmos conhecendo, conservando e divulgando o nosso patrimônio natural.

Envie o texto abaixo para os endereços de e-mail a seguir. Se sua instituição é parceira da FZB em algum projeto ou iniciativa, sinta-se à vontade para acrescentar comentários sobre nossa atuação. Ajude a divulgar esta carta de apoio entre seus contatos.

Contatos:
secretaria-geral@sgg.rs.gov.br; sema@sema.rs.gov.br; ana-pellini@sema.rs.gov.br; gabinete@seplan.rs.gov.br; casa-civil@casacivil.rs.gov.br; salvefzbrs@gmail.com; villaverde@al.rs.gov.br; adilson.troca@al.rs.gov.br; ajbrito@al.rs.gov.br; aloisio.classmann@al.rs.gov.br; altemir.tortelli@al.rs.gov.br; alvaro.boessio@al.rs.gov.br; any.ortiz@al.rs.gov.br; bombeiro.bianchini@al.rs.gov.br; cirosimoni@al.rs.gov.br; edegar.pretto@al.rs.gov.br; edson.brum@al.rs.gov.br; eduardo.loureiro@al.rs.gov.br; elton.weber@al.rs.gov.br; enio.bacci@al.rs.gov.br; frederico.antunes@al.rs.gov.br; gabriel.souza@al.rs.gov.br; gilberto.capoani@al.rs.gov.br; gilmar.sossella@al.rs.gov.br; ibsen.pinheiro@al.rs.gov.br; jeferson.fernandes@al.rs.gov.br; joao.fischer@al.rs.gov.br; joao.reinelli@al.rs.gov.br; pozzobom@al.rs.gov.br; juliana.brizola@al.rs.gov.br; juliano.roso@al.rs.gov.br; juvir.costella@al.rs.gov.br; liziane.bayer@al.rs.gov.br; luisaugusto.lara@al.rs.gov.br ; luiz.mainardi@al.rs.gov.br; manuela.davila@al.rs.gov.br; marcel.vanhattem@al.rs.gov.br; marcelo.moraes@al.rs.gov.br; mario.jardel@al.rs.gov.br; marlon.santos@al.rs.gov.br; mauricio.dziedricki@al.rs.gov.br; miki.breier@al.rs.gov.br; miriam.marroni@al.rs.gov.br; missionario.volnei@al.rs.gov.br; nelsinho.metalurgico@al.rs.gov.br; pedro.pereira@al.rs.gov.br; pedro.ruas@al.rs.gov.br; regina.becker@al.rs.gov.br; ronaldo.santini@al.rs.gov.br; sergio.peres@al.rs.gov.br; sergio.turra@al.rs.gov.br; silvana.covatti@al.rs.gov.br; stela.farias@al.rs.gov.br; tarcisio.zimmermann@al.rs.gov.br; gab.tiagosimon@al.rs.gov.br; valdeci.oliveira@al.rs.gov.br; vinicius.ribeiro@al.rs.gov.br; zanchin@al.rs.gov.br; ze.nunes@al.rs.gov.br; zila.breitenbach@al.rs.gov.br

Excelentíssimo Senhor
José Ivo Sartori
Governador do Estado do Rio Grande do Sul

Senhor Governador,

Reconhecendo a grande relevância do papel da Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul para a pesquisa, a conservação e a divulgação da biodiversidade, bem como para a formulação de políticas públicas de meio ambiente e desenvolvimento sustentável, manifesto minha indignação em relação à proposta de seu governo de extinguir a Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul, que constitui patrimônio da sociedade gaúcha, e repudio qualquer tipo de intervenção que resulte no desmantelamento ou na extinção dessa importante instituição pública.

Atenciosamente,
Nome
Instituição

——————–

Visite o novo canal do blog no YouTube!

Conheça meus livros de divulgação científica

Conheça e curta a página do blog Darwin e Deus no Facebook

Quer saber quem sou? Confira meu currículo Lattes

Siga-me no Twitter ou no Facebook