Os poderes climáticos de Chicão

Por Reinaldo José Lopes

Uma única foto do papa Francisco seria suficiente para efetuar uma mudança significativa na opinião de conservadores americanos sobre o aquecimento global? Pois é, parece que sim, de acordo com um estudo da Universidade Cornell que acaba de sair no periódico especializado “Climate Change”.

O design do experimento que chegou a essa conclusão não poderia ter sido mais simples. A equipe liderada por Jonathon Schuldt perguntou a 1.200 americanos sobre sua opinião a respeito das mudanças climáticas: seria um tema que tem implicações de responsabilidade moral, exigindo a ação humana para evitar uma catástrofe que afetaria a todos, ou não? Metade das pessoas viu uma foto do papa antes de responder à pergunta, enquanto a outra metade só a viu depois da resposta.

Resultado: entre os eleitores do Partido Republicano, tradicionalmente mais conservadores e avessos à ideia de que o homem está causando as mudanças climáticas, houve uma diferença de quase dez pontos percentuais para mais entre os que viram a foto do papa antes de responder. Entre esse grupo, 39% reconheceu a responsabilidade moral diante do problema, contra 30% dos que não viram a imagem de Francisco antes de responder.

Cá entre nós, alguém podia mandar instalar um telão com o papa discursando 24 horas por dia na janela do Trump na Casa Branca…

———————-

Visite o novo canal do blog no YouTube!

Conheça meus livros de divulgação científica

Conheça e curta a página do blog Darwin e Deus no Facebook

Quer saber quem sou? Confira meu currículo Lattes

Siga-me no Twitter ou no Facebook