Vacine-se contra visões simplistas da biologia

Só pra continuar rapidamente o assunto de um post e de uma coluna recentes, é com prazer que reproduzo aqui uma citação do neurobiólogo americano Robert Sapolsky sobre como a gente deve encarar as influências da biologia sobre o comportamento — em resumo, é complicado:

“Em vez de funcionar com base em causas simples, a biologia funciona o tempo todo com base em propensões, potenciais, vulnerabilidades, predisposições, inclinações, interações, modulações, contingências, cláusulas do tipo ‘se-então’, dependências de contexto, exacerbação ou diminuição de tendências preexistentes. Círculos e voltas e espirais e fitas de Möbius. Ninguém disse que isso aqui ia ser fácil. Mas o assunto é importante.”

O fantástico livro de Sapolsky sobre o assunto, “Behave: The Biology of Humans at Our Best and Worst” (“Comporte-se: A Biologia dos Seres Humanos No que Eles Têm de Melhor e Pior”), saiu no ano passado e está sendo devidamente deglutido por este escriba. Mais sobre ele a qualquer momento.

———————

Visite o novo canal do blog no YouTube!

Conheça meus livros de divulgação científica!

Conheça e curta a página do blog Darwin e Deus no Facebook

Quer saber quem sou? Confira meu currículo Lattes

Siga-me no Twitter ou no Facebook