Arquivo - Categoria: Primatologia

A falácia dos elos

Não sei se vocês estão familiarizados com um simpático (só que não) personagem da mitologia grega conhecido como Hidra de Lerna. Esse monstrinho adorável, basicamente uma supercobra de muitas cabeças (algumas versões falam em sete, outras em nove ou até em 50 cabeças), foi uma das criaturas míticas que Hércules teria enfrentado ao longo de(…)

A vida após a morte do pai do hobbit

Não, não é o “pai” deste hobbit: É o “pai” deste hobbit: Ou Homo floresiensis, para os íntimos. Ou seja, estamos falando do hominídeo nanico que pode ter sobrevivido até uns 13 mil anos atrás na ilha de Flores, na Indonésia. Medindo apenas cerca de 1 m, tal e qual os hobbits de “O Senhor dos Anéis”,(…)

É nóis no #SciCast

Uma passadinha rápida por aqui pra avisar, com bastante atraso, que eu tive a honra de participar da edição do podcast SciCast sobre pré-história, ao lado daquela proverbial galerinha que vai aprontar muitas confusões (como diria a Sessão da Tarde). Foi divertida a conversa. Quem quiser ouvir como é o meu desempenho sofrível em áudio(…)

Biologia, teu sobrenome é Queiroz

Foi um bocado divertido ler o livro “The Monkey’s Voyage” (“A Viagem do Macaco”), do biólogo americano Alan de Queiroz, e contar um pouco da perspectiva histórica sobre a origem da biodiversidade que o livro traz em reportagem na edição de hoje desta Folha. (Resumo da ópera: travessias oceânicas de plantas, insetos, répteis, aves e até anfíbios(…)

Você tem vergonha de ser macaco?

É comum as pessoas reagirem com uma mistura de asco e escárnio à ideia de que somos parentes absurdamente próximos dos chamados grandes macacos, e em especial de duas espécies de primatas africanos, os bonobos e os chimpanzés. “Isso aí é uma macaquice! Eu não sou macaco! Vai comer banana!” — e por aí vai.(…)

Gênese africana

Já faz um tempinho, conversei com a pesquisadora americana Nancy Stevens, da Universidade de Ohio, sobre uma pesquisa publicada por ela e seus colegas na revista “Nature” sobre alguns fósseis muito especiais: os mais antigos exemplares do grupo dos grandes macacos (o de gibões, orangotangos, gorilas, chimpanzés e nós) e dos macacos com cauda do(…)

Frans de Waal — a entrevista

Para quem não viu no site da Folha, eis a íntegra da minha conversa com o primatólogo Frans de Waal. ———– Para alguém que tem se especializado em demonstrar que o ser humano e os demais primatas têm um lado pacífico e bondoso por natureza, Frans de Waal conseguiu comprar briga com muita gente diferente(…)

O bonobo e o ateu

Para quem ainda não tinha farejado com base em alguns dos meus posts recentes, passo por aqui só para contar que meu livro de cabeceira nos últimos tempos foi “The Bonobo and the Atheist: In Search of Humanism Among the Primates” (“O Bonobo e o Ateu: Em Busca do Humanismo entre os Primatas”), a mais(…)

Compaixão primata

A semelhança entre o Homo sapiens e os primatas não humanos é tamanha que abrange não só as características comuns a todos os membros dessas espécies como também o resultado de certos acidentes biológicos — disfunções de origem genética, por exemplo. O que nos leva ao caso de Azalea. Azalea, uma fêmea de macaco reso(…)

Check-up de hominídeo

  A Folha de hoje traz reportagem minha, editada com o esmero costumeiro pela colega Débora Mismetti, sobre a nova batelada de “papers” (artigos científicos) investigando a anatomia funcional e o parentesco evolutivo do Australopithecus sediba, um interessantíssimo hominídeo sul-africano com quase 2 milhões de anos de idade. Convido o gentil leitor a ler a reportagem, mas(…)