Arquivo - Categoria: Antropologia

A ciência de Moana

Tem ciência em “Moana: Um Mar de Aventuras”? Tem, sim senhor – arqueologia, antropologia, geologia e biologia evolutiva se unem para ajudar a gente a contar uma das maiores aventuras da história da humanidade, a expansão dos polinésios pela vastidão do Pacífico. É o que conto no novo vídeo do nosso canal no YouTube, com(…)

Esperteza animal na íntegra

Já devo ter lido quatro ou cinco livros do primatologista holandês-americano Frans de Waal até hoje e por enquanto nunca me arrependi – o sujeito sabe escrever, além de dominar sua área como poucos. Tive o prazer de resenhar o mais recente deles, com o nada sucinto título “Are We Smart Enough To Know How(…)

Aquilo naquilo

Vamos falar de coisa boa? Se você já se perguntou por que os casais da nossa espécie parecem ter uma curiosa preferência por copular face a face, na posição popularmente conhecida como “papai-e-mamãe” (coisa rara entre primatas, com a possível exceção dos bonobos ou chimpanzés-pigmeus), um texto divertidíssimo e muito informativo na revista “Unesp Ciência”(…)

Genes, raças e preconceito

Pode até não parecer, dado o nome deste blog, mas eu realmente ODEIO treta, gente. Mesmo assim, acabei totalmente enrolado numa treta das piores com a publicação, na semana passada, desta reportagem de minha lavra na Folha. Pra quem não leu, trata-se de uma análise genética de 3.000 britânicos com o objetivo de identificar quais(…)

Mais um hominídeo misterioso

Cabe mais um hominídeo misterioso aí, gente? Bem, parece que teremos de encaixar o moço ou moça (seja lá quem tenham sido eles) na nossa já complexa árvore genealógica. E, pra variar, o centro da bagunça toda é o Pacífico tropical, entre o Sudeste Asiático e a Oceania. É o que diz um estudo liderado(…)

Antropofagia jesuítica

OK, todo mundo que tenha frequentado pelo menos o ensino fundamental deste país já ouvir falar de jesuítas como São José de Anchieta (1534-1597) tentando catequizar as tribos de língua tupi do litoral, fazendo de tudo para trazê-las ao catolicismo. O que, confesso, jamais imaginei é que Anchieta se dispusesse a usar os elementos básicos(…)

Platão no Xingu

Da espetacular coletânea de ensaios “A Inconstância da Alma Selvagem”, do antropólogo Eduardo Viveiros de Castro, sobre o singular (ou não tão singular assim) pensamento dos indígenas Yawalapíti, do Alto Xingu, e um termo-chave de sua língua, o conceito de “umañí”: “Se um determinado animal é dito umañí, isso se refere à espécie, não aos(…)